Imagem social do Inventor português

12 de Março, 2013 0 Por inventar

Qual a imagem social que tem do Inventor português? Qual a primeira reação? Provavelmente alguém humilde que é engenhocas e tem uma ideias com as quais por vezes até consegue ganhar uma medalha ou um diploma mas volta para casa de mãos a abanar na mesma. Não pode ser! Observando as invenções destes homens e mulheres, o esforço, a capacidade de criar, transformar o que os rodeia torna-os pessoas notáveis e não meros automatos repetidores sentados a uma secretária qualquer. O problema é que alguns deles precisam desse emprego possivelmente mal pago e monótono para viver.

O Inventor português para chegar ao empresário e consequentemente ao mercado, quando não quer ou não pode ser ele a industrializar a ideia, tem de abandonar de vez a imagem do coitado que vai pedir por favor para o ouvirem para a de alguém que pode contribuir para tornar outros ricos e prósperos. Ele é a chave da diferença e é a empresa que deve ansiar pela sua ideia! Não vale a pena vir dizer que quando foi ao estrangeiro a um concurso de invenções só tinha dinheiro para uma refeição na semana toda. Ninguém quer saber disso. A invenção ganhou uma medalha? Ok, então esse homem já está um passo à frente para ser ouvido e respeitado pois não é o comum dos mortais que o consegue. Se tivermos em conta índices como o número de patentes por milhão de habitantes entre outros no nosso país, o Inventor português movimenta-se num contexto difícil e por isso é alguém especial!

Fonte: cqap.com.br